Holantec :: Consultoria em Fruticultura
         
Atemoia        
         
Características
A atemóia é uma fruta híbrida que é obtida através do cruzamento da cherimoia (Annona cherimola, Mill) com a fruta-pinha (Annona squamosa, L.), pertencentes à família das anonáceas (a mesma da graviola). O plantio da atemóia através da propagação por sementes não é recomendada porque surgem grandes variações, visto que é um híbrido. Assim devem-se utilizar sempre mudas enxertadas e sadias para o seu cultivo.

Existem hoje três espécies de atemóia que estão bem aclimatadas no Brasil, são elas: Pink Mammoth, Thompson, Gefner. Há também a African Pride, originaria da Austrália, que também já foi introduzida no Brasil. São Paulo é o maior produtor de Atemóia do país, com 43,8% da produção, seguido de Minas Gerais, Paraná e Bahia, ambos com 18,8% cada da produção de Atemóia.

Por ser um fruto pouco cultivado, consegue atingir um bom valor de mercado. De acordo com dados do IBGE, são aproximadamente 1000 ha com o cultivo da Atemóia, concentrados principalmente nas regiões Sul e Sudeste, há também uma pequena concentração no estado da Bahia.

Casca rugosa e pontiaguda, como a da graviola, frutos de polpa macia, cor branca ou creme, nulo de acidez, muito doce e nutritiva, envolvendo sementes pardas. Aspecto parecido com a fruta do conde, mas com sabor diferente, suculenta e com um teor de açúcar em torno de 20° a 25° brix.

Variedades:
Thompson;
Gefner.

Plantio:
Em períodos chuvosos, devido à necessidade de água para as mudas. As covas devem ter as dimensões de 40 x 40 x 40 cm e ser preparadas 60 dias antes do plantio para assentamento e fermentação da matéria orgânica. Para prevenir doenças das raízes, o plantio deve ser alto (5 cm do torrão acima do nível do solo), colocando-se terra para formar um montículo para escoamento da água de chuva.

Espaçamento:
7 x 6 m ou 9 x 7 m; mais adensados 4x3m ou 4x2m;

Clima e solo:
Clima Tropicais, subtropicais e tropicais de altitude e adapta-se a vários tipos de solo, mas prefere os bem drenados.

Propagação
É indicada a propagação por enxertia, tanto por borbulhia como garfagem, usando como cavalo ela mesma, a fruta-do-conde ou a cherimoya. Annona reticulata (lisa), também pode ser usada.

Adubação
Calagem: no mês anterior ao preparo das covas para plantio, aplicar calcário dolomítico de acordo com a análise de solo, para elevar a saturação por bases a 60%.

Adubação de plantio: 2kg de esterco de galinha ou 10kg de esterco de curral, 160g de P2O5, 90g de K2O, todos bem misturados antes de colocados na cova.

Adubação de formação: até o 3º ano, aplicações bimestrais no período chuvoso, de 100 (na 1ª aplicação) a 600 g/planta (na última aplicação) de uma mistura de adubos contendo cerca de 10% de cada um dos nutrientes N, P2O5 e K2O.

Adubação de produção: a partir do 4º ano, aplicar 1.800 g/planta de uma mistura de cerca de 8% de N, 3% de P2O5 e 9% de K2O, em três aplicações anuais (outubro, janeiro e março). Periodicamente (2 a 3 anos), fazer análise de solo, aplicando calcário dolomítico e sulfato de zinco (15 a 20g) se necessários e, se possível, aplicar anualmente matéria orgânico.

Tratos Culturais:
Prevenção de pragas e doenças, aplicação de defensivos, poda, capinas manuais ou mecanizadas, desbaste dos frutos, controle de plantas daninhas.

Principais pragas e doenças:
Broca dos frutos, podridões de raízes e colo, antracnose dos frutos novos e cancro dos ramos.

Colheita:
Os frutos amadurecem de 100 a 120 dias após o florescimento, a cor do fruto muda de verde clara brilhante para verde amarelada pálida, aonde o período de colheita vai de dezembro a julho, atingindo o pico de colheita de fevereiro a março.

Utilização:
É uma fruta típica de mesa, para consumo ao natural; portanto, a sua aparência é muito importante. Serve também para sorvetes, polpa e suco. Seu valor alimentar é principalmente alto para açúcares, mas o apelo e qualidade desta fruta deve-se ao seu aroma e sabor, dados pelos componentes ácidos orgânicos, lipídios, fenóis e constituintes voláteis, especialmente os ésteres.

Utilização:
Possui teores elevados cálcio, ferro, zinco, cobre, magnésio, proteínas, potássio e açucares, porém não é só isso, ela ainda tem altos índices de vitaminas C (auxilia contra inflamações e na desintoxicação do corpo), B1 e B2 ( possuem funções essenciais no sistema imunológico).

         
       
         
 
Holantec Consultoria em Fruticultura

Rodovia Raposo Tavares, km 256
C.P.: 506 | CEP: 18725-000
Distrito Campos de Holambra
Holambra | SP

Fone: (14) 99687-0080 Elcia
(14) 99866-3436 Cris

holantex@uol.com.br
www.holantec.com.br

DEVELOPED BY JT COMUNICATION FROM BRAZIL 2013 | ALL RIGHTS RESERVED | www.jtcomunicacao.com.br